domingo, 19 de novembro de 2017

#DiárioDaFaculdade: como foi contar para meus pais que eu não estava gostando do meu curso #19

|| || Nenhum comentário

Aqui no blog estou contando toda a minha trajetória na faculdade, desde o vestibular e como foi a primeira semana de aulas, até quando decidi trocar de curso, porém vi que nunca escrevi como foi contar para os meus pais que eu não estava gostando de jornalismo e queria trocar de faculdade; então contarei agora.

Contar para os meus pais que eu não estava gostando do meu curso foi bem fácil e tranquilo, porque eu tenho um ótimo relacionamento com meus pais e conto tudo para eles, então desde o momento que eu comecei a ter dúvidas sobre a faculdade eles ficaram sabendo, portanto não foi uma surpresa quando cheguei e falei: "não, definitivamente jornalismo não é para mim".

Mas também não foi uma decisão que tomei de uma hora para outra, eu pensei muito, analisei cada coisa, ponderei cada ponto, até chegar nessa decisão. Por isso, também, meus pais não interferiram na minha decisão, eles viram que eu tinha pensado muito para chegar naquela decisão.

A princípio, eu não pensava em parar a faculdade logo no 1º semestre (tranquei o curso logo que o semestre acabou), mas como eu não estava bem psicologicamente e não queria continuar fazendo um curso que não me realizava, só me cansava, decidi parar.

Em momento algum meus pais ficaram bravos ou tentaram me fazer mudar de ideia, pelo contrário, eles me apoiaram completamente e falaram que a decisão era minha, mas eu vi como eles ficaram tristes por mim, porque jornalismo e São Paulo eram o meu sonho.

Acho que tirei a sorte grande por ter pais que me apoiam tanto.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Mattel lança 1ª boneca Barbie com hijab (véu muçulmano)

|| || Nenhum comentário
Foto/Reprodução
Depois de lançar as bonecas Barbies com diferentes cores, formatos de corpos, alturas e cabelos, e lançar uma linha de bonecos Ken seguindo o mesmo estilo das bonecas Barbies, bonecos que representem a diversidade, a Mattel - fábrica das bonecas Barbie - revolucionou mais uma vez, agora lançando a primeira boneca Barbie com hijab, o véu muçulmano.

A inspiração para a nova boneca foi a esgrimista americana Ibtihaj Muhammad, que foi a primeira mulher muçulmana norte-americana a usar o hijab em uma Olimpíada (a Olimpíada em questão foi a Rio 2016). A novidade foi anunciada no Glamour Women of the Year, realizado na segunda-feira (13) em Nova Iorque.

A boneca faz parte da coleção Shero - uma mistura das palavras she (ela) e hero (herói) -, que vem homenageando mulheres influentes que lutam por causas sociais, como igualdade de gênero, o fim da xenofobia, do racismo, etc.

Reprodução/Twitter
Muhammad posou com a boneca e agradeceu a homenagem. "Já tive muitos momentos como atleta em que me senti excluída, então é muito emocionante para mim que eu, como atleta olímpica muçulmana dos Estados Unidos, tenha inspirado uma marca como a Mattel a apoiar a diversidade e lançar a Barbie com hijab."

A boneca, que usa o véu islâmico, vem com o uniforme de esgrima e os equipamentos (capacete, tênis esportivo e espada/sabre).

"Sempre brinquei de Barbie e quanto mais diversidade as bonecas oferecerem, mais histórias inspiradoras vão ajudar a criar. Estou orgulhosa em saber que meninas de todos os lugares poderão brincar com uma Barbie com hijab. É um sonho de infância virando realidade", disse a atleta.

Fonte: ESPN

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Amor recíproco é um jogo na loteria

|| || Nenhum comentário

Vocês já pararam para pensar em como o amor recíproco é um jogo na loteria? Porque você gosta da pessoa e ela tem que gostar de você também, dentre tantas opções, é de você que ela tem que escolher, é você que tem que chamar a atenção dela, é você que ela tem que querer, só você.

Aí me pergunto: dentre tantas opções, por que você me escolheria?


| 6 de maio de 2017 |

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Wishlist: Funko!

|| || Nenhum comentário
Há algum tempo descobri o mundo Funko e me apaixonei completamente. Comprei meus 2 primeiros Funkos (Harley Queen e Joker) e não via a hora de comprar o próximo - o que ainda me impede é o dinheiro, farei 6 viagens nos próximos meses, então estou juntando money para poder gastar nas viagens.

Mas enfim, nada me impede de ficar namorando os Funkos, vai que não surge uma promoção boa e não rola comprar? Black Friday está bem aí.

ATUALIZAÇÃO: Comprei esse Funko, ele é a coisa mais linda, o cabelo é tão fofinho. AAAAA estou apaixonada.


Essa é a minha wishlist. Conforme eu for comprando (se eu comprar), atualizo vocês.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

#DiárioDaFaculdade: 4 coisas que eu gosto e 4 coisas que eu não gosto na faculdade #18

|| || Nenhum comentário
UCLA Reprodução/Instagram
| 4 coisas que eu gosto

1. Você estuda sobre o que gosta
A principal diferença entre a escola e a faculdade é a grade de estudos. Na escola somos obrigados a estudar aquele monte de matéria, independente se gostamos ou não (e normalmente tem alguma matéria que odiamos estudar, porque ou se é de humanas, exatas ou de nadas).

Já na faculdade, estamos estudando aquilo que gostamos, estamos estudando aquilo que escolhemos estudar. Lógico que vai ter matérias que não vamos gostar de estudar, que vamos achar um saco, mas como estamos fazendo o curso que gostamos (pelo menos é pra ser assim), no geral, vamos gostar do que estudamos.


2. Tem muitos trabalhos para fazer
Na minha escola, a partir do 8º ano (7ª série) não tinha mais trabalho escolar para fazer porque o foco já era estudar para ENEM e vestibular, e isso era uma coisa que eu detestava; então quando eu cheguei na faculdade e vi o tanto de trabalho que eu tinha que fazer, foi uma felicidade, porque eu sentia muita falta de fazer trabalhos escolares.


3. Ambiente
Eu AMO o ambiente universitário, amo ter contato com estudantes de outros cursos, amo esbarrar sem querer com aquele cara bonito no corredor, amo as amizades que fazemos do nada e nos lugares mais improváveis (fila de banheiro, entrada da faculdade), amo as trocas de olhares com o crush da faculdade, amo ficar admirando os caras bonitos, amo ter que ficar reunindo com os colegas para fazer trabalhos; enfim, eu basicamente amo porque me lembra a escola - e eu amava a época que estava na escola.

Faculdade nada mais é que uma escola para adultos.


4. Horário flexíveis
Escola é um local com horários muito engessado, é de tal hora a tal hora e pronto. Faculdade não, faculdade tem dia que tem aula de manhã, tem dia que não tem de manhã e tem à tarde, tem dia que tem palestra no lugar de aula, enfim, é bem mais flexível que escola.



| 4 coisas que eu não gosto

1. Tem muitos trabalhos para fazer
Ao mesmo tempo que gosto de fazer, não gosto, porque muitas vezes tenho muitos trabalhos para fazer e como tenho que estudar, nem sempre dá tempo de fazer tudo, então tenho que estabelecer prioridades (basicamente tenho que escolher o que não fazer).


2. Liberdade demais
Eu acho isso ruim no sentido de ter alunos que não sabem dosar a liberdade que tem, muitas vezes extrapolam e atrapalham os colegas. Como o professor não está nem aí, os colegas ficam se degladeando (quem quer assistir aula começa a bater boca com quem está atrapalhando, que na maioria das vezes fica com raiva de quem reclama e aí que atrapalha mesmo), causando mau estar na sala.


3. É muito fácil reprovar por falta
Essa é uma questão que me incomoda muito, reprovar por falta. Diferente da escola, que é quase impossível, na faculdade é muito fácil reprovar por falta porque só temos 1 aula de cada disciplina por semana. Além de achar muito pouco, acho muito ruim, porque se tiver um feriado durante a semana, já é menos 1 aula daquela disciplina, consequentemente o índice aceitável de faltas já caí muito (por ter poucas aulas).


4. Cada disciplina tem o seu material específico
Não é que eu não gosto de ter material específico para cada disciplina, pelo contrário, eu acho massa, o que eu não gosto é ter que ficar trocando o material todos os dias, porque as vezes confundo os dias e acabo trocando os materiais, e se não levo o material certo não consigo fazer as atividades da aula.

Pode ser que o problema desse tópico seja eu, a minha falta de organização, não sei, só sei que isso é uma coisa que eu não gosto.

sábado, 4 de novembro de 2017

Os momentos goals dos clipes musicais [parte 2]

|| || Nenhum comentário
     Como eu prometi no post do dia 23 de novembro de 2016, aqui está a segunda parte do post "os momentos goals de clipes musicais". Espero que gostem, fiz com muito carinho :D (e deu muito trabalho)


Made in the U.S.A, Demi Lovato



     Acho esse clipe tão lindinho, tenho vontade de sair printando tudo.


Tonight I'm getting over you, Carly Rae Jepsen




There's Nothing Holding me Back, Shawn Mendes



Eu, basicamente, printei o clipe inteiro porque o clipe inteiro é goals.

Originalmente, esse post era para ser composto por 8 clipes musicais, mas como o clipe do Shawn contém quase 50 fotos, achei que o post ficaria muito grande, então eu não quis prolongar.

Para ver a primeira parte desse post, clique aqui ou copie esse link -> http://susansmof.blogspot.com.br/2016/11/os-momentos-goals-de-8-clipes-musicais.html <-



| Todos os prints desse post foram tirados, por mim, dos videoclipes oficiais na página dos artistas no YouTube.