segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

#DiárioDoSilicone: pode ir à praia com a cirurgia de silicone recente? #4

|| || Nenhum comentário
Praia de Boa Viagem, Recife - PE
Entre os dias 22 e 26 de novembro estive em Recife, onde fui à praia, mas eu podia entrar no mar?

Essa era uma dúvida/preocupação que eu e minha família tínhamos, por minha cirurgia ser muito recente ainda (completei 2 meses de cirurgia em Recife), mas conversamos com a médica e tiramos todas as nossas dúvidas.

SIM, eu pude ir à praia e pude tomar banho no mar, CONTANDO que eu não ficasse de molho no mar o dia inteiro. A grande preocupação da médica era o sol, porque na praia eu estaria muito exposta ao sol e eu não podia pegar tanto sol pelo bem do resultado final da cirurgia – o problema de pegar muito sol é que os peitos incham e a cicatriz pode escurecer, ficando feia.

Então para evitar dor de cabeça, tive que tomar algumas precauções, como:
-não ficar muitas horas no sol
-usar protetor solar fator 70 (eu já usava ele normalmente, porque protege muito, evita qualquer queimadura por causa do sol)
-usar maiô que cobrisse bem os peitos, para não correr risco de ficar bronzeada ou queimada nos peitos

Segui todas as precauções e não percebi nenhuma alteração nos peitos, não vi inchar ou escurecer a cicatriz, tudo ficou exatamente como estava antes.


A minha experiência foi essa, porém se você tiver feito sua cirurgia recentemente, recomendo que converse com seu médico para ver o que ele diz, afinal de contas, não queremos correr o risco de estragar a cirurgia, né?

Ficou com alguma dúvida? Comente que tentarei esclarecer! 

sábado, 9 de dezembro de 2017

Era você e sempre vai ser você

|| || Nenhum comentário

Era você e sempre vai ser você. Não adianta continuar tentando me enganar, achando que um dia eu vou te esquecer, porque eu não vou... e eu sei disso.

É por você que meu corpo pede. É por você que meu coração bate mais forte. É em você que eu penso sempre que ouço músicas de amor ou leio poemas de amor. É alguém como você que eu procuro nas outras pessoas. E quando eu penso no meu futuro, é com você que eu peço a Deus para estar.

Eu tento seguir em frente, tento te tirar do meu pensamento, tento te tirar do meu coração, mas eu não consigo, porque uma parte de mim tem medo de ao te deixar para trás, deixar o grande amor da minha vida.

Quando o assunto é você, meu coração vive com esperanças. E você sabe, se um dia você me pedir para ficar com você, eu largo tudo e vou ficar com você.

Você me tem por inteira, Rodrigo, e agora eu vejo isso.

Podem haver mil Rodrigos, mil Gabrieis, mil Pedros, mil Guilhermes por aí, mas eles nunca serão você.

Meu coração escolheu você e ele só aceitará você.


"Amor é um fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se e contente;
É um cuidar que ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?"

- Luís Vaz de Camões


| 19 de novembro de 2017 |

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

ESPECIAL DE NATAL: ideias de decoração para o Natal

|| || Nenhum comentário
A melhor época do ano está chegando e se você, assim como eu, ama decorar a casa para o Natal, abaixo estão algumas ideias diferentes de pequenos detalhes na decoração que você pode fazer (sozinho) na sua casa.

Enjoy it ;)

Reprodução/Instagram: @apartamento84

Gostou? Comente!

| Fotos retiradas do Pinterest.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

#DiárioDeBordo: 1 dia em Campos do Jordão (SP)

|| || Nenhum comentário

- eu e minha amiga saímos de São Paulo e pegamos um ônibus (na Rodoviária Tietê) para irmos à Campos do Jordão. A passagem de ida custou R$51 e a da volta R$48, totalizando 99 reais.

- fomos com a companhia Pássaro Marron (com "n" mesmo. Não sei se ela é a única empresa que faz esse trajeto) e foi uma viagem bem tranquila, o motorista era super cuidadoso e responsável. Pela minha experiência, recomendo a companhia.

Só um recado: se vocês comprem a passagem pela internet, quando chegarem na rodoviária TERÃO que imprimir a passagem no guichê da companhia que vocês estiverem indo, senão não embarcam. Eu não sabia disso e quase perdi o ônibus, porque tive que correr contra o tempo para imprimir a passagem

- antes de começar a viagem, o motorista nos passou algumas instruções, como o uso obrigatório do cinto de segurança durante toda a viagem e o tempo de duração da viagem.

- como a viagem para CJ não era direta, parávamos em São José dos Campos antes, a viagem durou cerca de 3h (1h30min até SJC e mais 1h30min para chegar em Campos).

- já em Campos do Jordão, descemos na rodoviária (acho que a única da cidade) e pegamos um táxi para o centro turístico da cidade (custou 20 reais).


- INFORMAÇÃO IMPORTANTE: em Campos do Jordão não tem uber, só tem táxi!

- foi um dia bem legal, não fiz quase nada, porque fiquei no centro turístico da cidade (onde não tem nada para fazer além de andar e fazer compras).


- comprei bastante coisa (1 globo de neve para minha irmã, 1 boné do Ayrton Senna e uma caneca para a minha mãe, uma caneca e barras de chocolate para o meu pai, uma miniatura para mim e 3 imãs de geladeira para dar de presente).

- lá não tinha muitas opções de souvenirs, mas deu para comprar algumas coisas e a minha miniatura  (eu só achei 1 loja que vendia miniatura).



- andando pela cidade, perto do shopping, encontrei uma loja que para chamar atenção das pessoas, colocou foto de vários famosos quando foram presos. Justin Bieber era um dos famosos com a foto exposta.



- não vou mentir, achei uma enorme falta de respeito com esses artistas. Antes de tudo, eles são humanos e eles têm sentimentos. A pessoa que idealizou isso é uma pessoa podre, que utiliza de um momento íntimo, de fragilidade e de humilhação desses artistas, para lucrar. Triste saber que existem pessoas assim.

- (eu sei que era apenas para chamar atenção porque eu perguntei para as pessoas que trabalhavam nessa loja o motivo de ter as fotos dos artistas e eles me responderam que era só para chamar atenção mesmo).


- passando por esse momento desagradável, fui à uma pista de mini golf e foi muito divertido. Ri demais, porque às vezes eu e a minha amiga errávamos umas bolas tão feias que não tinha como não rir.


- o mini golf custou 30 reais e eram 18 pistas, em cada pista, cada uma tinha 7 tentativas de acertar a bolinha dentro do buraco. Ganhava quem usava menos tacadas para colocar a bolinha no buraco (nós recebemos uma prancheta com um papel onde anotamos quantas tacadas cada uma precisou para encaçapar a bola).

- cheguei a conclusão que mini golf é um programa muito divertido, queria muito que fosse uma coisa mais comum, para poder ir mais vezes.


- no geral, não achei Campos do Jordão uma cidade cara, as coisas caras eram específicas, como o chocolate. Chocolate eu achei caríssimo! Uma cartela com 4 bombons era 25/30 reais, achei muito caro. Souvenirs achei um preço ok e roupas tinha por todos os preços (o que mais tem para vender em Campos do Jordão é roupa, tem mais até que chocolate).

alimentação eu achei caro também, não sei se era pela região que eu estava, mas achei caro. Porém, era um caro que valia o que custava.

Eu não me lembro o nome desse restaurante, mas a comida era deliciosa.
- no prato da foto (Truta com arroz, legumes e amêndoas) paguei R$48,90 + 7,50 do suco + 5,64 do atendimento do garçom.

- fui em uma terça-feira e a cidade estava bem vazia.

- a temperatura
durante o dia estava ok, tanto que eu estava só de calça jeans e uma blusa com manga transparente e não estava passando frio (estava 20 e tantos graus). Esfriou mesmo no final do dia, lá pelas 18h, aí ficou frio MESMO, a temperatura caiu bastante.

- foi uma viagem muito legal, que eu quero muito repetir, mas, dessa vez, para fazer os passeios, porque não fiz nenhum.


- só uma curiosidade: olhem como estava a vista da janela do ônibus na volta. Como falei, no final da tarde a temperatura caiu MUITO e como Campos do Jordão fica no alto, fica cheio de neblina.


- eu sei que na foto não dá de ver nada, porque está tudo branco, mas era exatamente assim que estava, não dava para ver nada. Confesso que fiquei morrendo de medo de sofrermos acidente por causa disso, fui a viagem inteira rezando (sério). Graças a Deus não aconteceu nada.

Essa foi a minha 2ª vez em Campos do Jordão, mas garanto que não será a última.

domingo, 3 de dezembro de 2017

Moda: o que usar por baixo do macacão/jardineira?

|| || Nenhum comentário

Provavelmente a época mais esperada do ano, o verão está chegando, e com ele vem o sol, a praia, o bronzeado, as roupas coloridas e mais fresquinhas.

Pensando nisso, preparei esse post recheado de ideias do que usar por baixo do macacão/jardineira, uma peça que, além de confortável, bonita e prática, nunca sai de moda. 

Tem ideia para todos os gostos! Inspirem-se e arrasem nesse verão.


Gostou? Não esqueça de deixar seu comentário!

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

#DiárioDoSilicone: 2 meses de cirurgia - o que mudou, gostei do resultado, deu estria? #3

|| || Nenhum comentário

No último dia 25 completou 2 meses de cirurgia e quase nada mudou desde a 3a semana do pós-cirúrgico, porque foi nessa semana que a médica já liberou fazer praticamente tudo (as únicas coisas que eu não podia fazer era levantar o braço e carregar peso); esse foi, inclusive, o motivo pelo qual não teve atualização do #DiárioDoSilicone, nada mudou.

Mas vamos às atualizações. Da 4a semana para cá as únicas coisas que mudaram foram:
-agora posso levantar os braços para cima (a médica liberou depois de 1 mês e 26 dias)
-posso carregar até 5kg contando que eu esteja carregando com os dois braços em uma posição x, porque dessa forma os 5kg são distribuídos e o objeto não pesa 5kg de fato
-dependendo do local (cama, sofá), já consigo me deitar sem travesseiro e não sentir aquela pressão absurda que sentia antes

Coisas importantes que não mudaram:
-continuo passando pomada na cicatriz
-continuo podendo usar sutiã somente quando saio, em casa, tenho que ficar SEM sutiã em casa, obrigatoriamente, porque os peitos estão ganhando forma ainda e o uso do sutiã atrapalha um pouco
-continuo sem poder dormir de lado, a única posição que posso dormir é de barriga para cima

Falando agora das expectativas que eu tinha sobre a cirurgia, todo mundo que já tinha colocado silicone falava que sentia um peso enorme nos peitos depois da cirurgia, que parecia que tinham pregado alguma coisa no corpo delas e não sei o que, falaram um monte, mas eu não senti esse peso que a galera falou não (na verdade, não senti peso nenhum, não mudou nada para mim). Isso foi até meio estranho para mim, porque eu ficava esperando sentir todo esse peso e eu não senti nada.

Eu fiquei muito contente e muito realizada em ter colocado a prótese de silicone, foi um sonho realizado, mas tenho que falar que não ficou exatamente como eu queria. Os peitos ficaram perfeitos, não tem deformação nenhuma, a cicatriz está sumindo, quase nem dá mais para ver por causa do processo de cicatrização que foi muito bom, porém eu queria que ficasse maior.

Eu tenho 1,63m e sou magrinha, então eu não tinha peito nenhum, o silicone deu um volume incrível, não tem como negar, mas nas roupas não aparece que eu tenho peito grande. Não que eu quisesse sair mostrando para todo mundo que eu tenho peitos grandes, mas eu queria colocar silicone justamente para ter peitos grandes (tudo dentro do proporcional, lógico) e para fazer diferença nas roupas; porque a minha maior frustração era comprar uma roupa e ver que eu não tinha peito nenhum para preencher aquele espaço da roupa.

Vale ressaltar que eu coloquei 310ml e que meu peito ficou grande SIM, eu só fiquei decepcionada porque não mudou muito o efeito das roupas que eu já tinha (tanto que não perdi nenhuma roupa, eu achei que perderia todas as roupas).

O lado bom de não ter ficado imenso, como eu imaginava que ficaria, é que os homens não ficam secando meus peitos (eles ainda olham para meu rosto e não para meu corpo) e posso continuar praticando esportes tranquila, que meus peitos não ficam balançando igual gelatina.

Eu estou muito feliz com o resultado e muito realizada, a cirurgia foi um sucesso, minha recuperação foi sensacional, a cicatrização está sendo ótima e ficou super natural, então eu não tenho direito de reclamar de nada, tenho só a agradecer.

Outra coisa a comemorar é o fato de não ter dado estria. Eu estava muito preocupada com estrias, estava morrendo de medo de dar, porque estrias aparecem justamente pelo esticamento muito rápido da pele, mas graças a Deus (é pecado falar dele assim?) não deu. Eu usei hidratante também, todos os dias, durante 2 semanas, à partir da 2a semana de cirurgia, para prevenir dar estrias, então não sei se foi por causa disso que não deu ou se foi por “sorte” mesmo, só sei que não tive estrias – e nem terei mais, porque se fosse para aparecer apareceria nas 1as semanas, o prazo já “esgotou”.


É isso.


Como já comentei aqui no blog, final do mês de novembro viajei para Recife, onde fui à praia. Farei um post falando sobre como foi ir à praia com a cirurgia tão recente (se a médica deixou ou não) e quais os cuidados tive que tomar. O post deve ir ao ar daqui umas 2/3 semanas, fiquem de olho aqui no blog.

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O que fazer em São Paulo? Lugares que todo mundo deveria conhecer

|| || Nenhum comentário

Vai à São Paulo pela primeira vez e não sabe o que fazer na cidade? Listei 12 coisas que tem que fazer na cidade da garoa.


Andar pela Avenida Paulista


Essa avenida não é qualquer avenida, é A Avenida Paulista, a avenida mais famosa e dona do m² mais caro do Brasil. É a nossa Times Square.

Se você for à São Paulo, tem que andar por essa avenida e apreciar os arranhas-céu, as antenas, as pessoas de todo jeito que passarão por você, os homens barbudos, os descendentes de japoneses (eles são muitos), os executivos andando com pressa, os gringos apreciando a cidade e fotografando, os jovens que sonham em dominar o mundo. E não se assuste se deparar-se com alguma manifestação (a chance disso acontecer é 9 em 10), isso é normal, tem manifestação lá praticamente todos os dias.



Ir ao quiosque de souvenirs que tem Shopping Center 3 (fica na Av. Paulista)


Se você é uma pessoa que AMA souvenirs ou quer comprar lembrancinha de São Paulo, recomendo que compre nesse quiosque que tem no Shopping Center 3 (esse shopping fica na Av. Paulista), porque os preços são bons (eles não são careiros), o atendimento é ótimo e tem muita variedade, fora que tem souvenirs bem diferentes.

O quiosque fica no subsolo do shopping, de frente para a loja Ana Capri - descendo a escada rolante, é só virar para a direita que você já vê o quiosque, ele fica no final do corredor.

(Não estou ganhando comissão para divulgar esse quiosque).



Passear no parque Trianon


Esse parque também fica na Av. Paulista, fica de frente para o MASP, do outro lado da rua. É um parque bem pequeno, mas é bem gostoso de andar, porque como tem muitas árvores, é super fresquinho e é muito bonito.

No meio do parque tem uma passarela que leva para o outro lado do parque, o legal é que essa passarela passa em cima de uma rua, então é um local bem legal para ver o movimento de São Paulo e até mesmo tirar foto.

MULHERES: se vocês estiverem sozinhas, não recomendo ir ao parque, porque apesar de ser super tranquilo, tem muitas árvores e essas árvores meio que fecham a visão, então alguém pode pega-las no meio do parque e ninguém ver, é meio arriscado ir sozinho.



Visitar a exposição que estiver em cartaz no MASP


Reprodução/Wikipedia
São Paulo é a capital cultural do Brasil, então vocês não podem deixar de prestigiar a exposição que estiver em cartaz no MASP, independente de qual seja, é uma experiência única que vai turbinar a sua passagem por São Paulo e te fará amar mais ainda a cidade.



Fotografar a rua Haddock Lobo



Não preciso nem explicar, a foto já diz tudo.

A rua Haddock Lobo dá na Av. Paulista, então se você estiver na Av. Paulista, ande até o início dela (sentido Consolação) para achar a Haddock Lobo. Ela é a 3ª ou 4ª rua no início da Paulista, fica na rua de cima da Rua Augusta.


OBS. A panificadora da esquina da foto é muito boa, se puder, pare lá para comer (ela fica na Haddock Lobo, cruzando com a Luís Coelho).



Fazer compras na rua Oscar Freire (ou pelo menos conhecer)

Reprodução/veralopesmc.wordpress
A Oscar Freire é a Champs-Élysées do Brasil, é a rua com todas as principais grifes de roupa. Por se tratar de uma rua com esse propósito, os preços não são o dos melhores, mas vale a pena conhecer.

Acho importante dizer que essa rua não se compara a um shopping Iguatemi (vou falar nos próximos tópicos), mas é uma rua que atende ao que propõe, é bonita, tem fama e é um ponto turístico de São Paulo, por isso vale a pena conhecer, mesmo que você não compre nada.

A forma mais fácil de chegar nessa rua é indo pela Av. Paulista, já que ela fica 7 ruas para baixo (ir à pé é bem legal, porque enquanto você anda, conhece um pouco daquela região de São Paulo).



Comer no restaurante do Cake Boss (Carlo's Bakery)

Reprodução/E aí, férias
Se você é um grande fã de Cake Boss, precisa ir ao Carlo's Bakery que tem em São Paulo e provar o famoso cannoli, mas vá com tempo, porque a panificadora é sempre lotada!

Minha dica é ir no meio da manhã ou no meio da tarde, porque é o período mais tranquilo, mas tenha em mente que você pegará fila em qualquer horário (funciona das 10h às 21h).

A Carlo's Bakery fica na rua Bela Cintra, 2182 (ela é uma ruazinha que dá na rua Oscar Freire, sentido Av. Paulista).

A minha dica é conhecer a Av. Paulista, a Oscar Freire e a Carlo's Bakery no mesmo dia, fazendo todo o trajeto a pé, porque é bem pertinho.

Comer nos restaurantes badalados da famosa rua Augusta

Reprodução/Guia da semana
A rua Augusta é conhecia por seus bares, então se você é uma pessoa que gosta de beber e comer boa comida, vá à rua Augusta, mas, por favor, saia para aproveitar com responsabilidade e, não, para brigar.

Agora, se você é uma pessoa que não gosta de muita gente, conversa alta, pessoas bêbadas, pouca iluminação e evita brigas, definitivamente a Augusta não é um lugar para você.



Andar de bicicleta no Parque Ibirapuera



O Central Park brasileiro, o parque Ibirapuera é a coisa mais linda em qualquer estação do ano e em qualquer temperatura. Se você for à São Paulo, tem que conhecer o parque. Ele é grande, mas não tenha medo de se perder, é só andar na pista principal (ao longo da caminhada aparecerão os portões para entrar/sair do parque) ou pedir informação para alguém.

Minha dica é alugar uma bicicleta no portão 3 e conhecer o parque pedalando. O aluguel da bicicleta custa 5 reias, 1 hora. Você faz o cadastro, pega a bicicleta e depois que cansar de andar, devolve no mesmo lugar que pegou e aí paga (então você pode ficar com a bicicleta dentro do parque quantas horas quiser).

Mas atenção, menores de 18 anos não podem alugar a bicicleta. Se você tiver menos de 18 anos e quiser alugar uma bicicleta, recomendo que peça para alguém maior de idade alugar para você, mas não sacaneie a pessoa, cuide direitinho da bicicleta e pague certinho.



Conhecer o Shopping Iguatemi, o shopping das grifes (e o mais caro de SP)

Reprodução/Veja
Esse shopping tem todas as grifes que você imaginar, então se você é um amante de grifes ou tem curiosidade de saber quantos custa as coisas de grife, esse shopping é o lugar certo para ir. Logo na entrada você já se depara com Ralph Lauren, Chanel, Louis Vuitton e Gucci (Lojas Americanas também haha).

Estando lá, você precisa conhecer a Livraria Cultura, é simplesmente o melhor lugar daquele shopping, ele faz a ida até lá valer a pena.


Quanto a alimentação, acho que fica a desejar, a praça de alimentação é pequena e não tem muitas opções de restaurantes, sem falar que são restaurantes elitizados ($$$$), então se você for comer ali prepare-se para gastar uma grana ou torcer para achar mesa livre para comer no Mc Donald's (a opção mais barata).



Caminhar pela rua Vergueiro e se apaixonar de vez por São Paulo

Reprodução/Mapio
A rua Vergueiro não tem nada de especial em si, mas é uma rua linda que nos dá uma imagem de como é São Paulo de verdade, por isso recomendo andar por lá. Se depois de andar por essa rua, você não se apaixonar por São Paulo, eu juro que não sei mais como te fazer mudar de ideia.

Bem no inicinho da rua Vergueiro tem uma bifurcação, se você seguir à direita, estará na Vergueiro, agora se você seguir à esquerda e andar uns 10 minutos (caminhada reta, não vira em lugar nenhum), chegará no final da Av. Paulista (ali onde tem o shopping Pátio Paulista).



Tomar café da manhã em algum barzinho da rua Teodoro Sampaio (Pinheiros)

Reprodução/Pinterest
A rua Teodoro Sampaio é enorme e cheia de barzinhos de ponta a ponto, mas eu recomendo os barzinhos que tem na altura do cruzamento com a rua Capote Valente (na quadra dos números 355 à 553. A Teodoro Sampaio vai ser na quadra com os números 685 à 593).


COMO CHEGAR?

Se você for com o gps, coloca no endereço: "rua Capote Valente, 553, Jardim Paulista" que você chegará bem na esquina da Capote Valente com a Teodoro Sampaio, que é onde eu estou recomendando. Aí é só escolher o local para comer.

(Esse é o endereço mais fácil para chegar aos barzinhos que estou recomendando).


Essa lista foi feita com base nos lugares de São Paulo que eu gosto de ir e acho que todo mundo deveria conhecer. Se você tiver alguma recomendação de algum lugar legal de SP que todo mundo deveria conhecer, deixa aí nos comentários, eu amarei saber.


| Todas as fotos do post são de minha autoria, os que não são, estão com os devidos créditos.